Topo
Topo
Radio
Loja virtual Reflexões Ministério Josué Gonçalves Eventos Parceiros Cursos Onde Comprar Blog
 
Família
Programa de TV
Programa de rádio
Fotos
Notícias
Equipe
Nossa Igreja
Eventos
Biografias
Encontro de Solteiros
Curiosidades
Esboços
Biografia
Fale Conosco
 
0086 - O desafio de ser pai no mundo atual!

O DESAFIO DE SER PAI

NOS MUNDO ATUAL

Pr. Josué Gonçalves

 

Filhos são sonhos de Deus que se tornaram realidade através de nós, pais, e para que esses sonhos não se percam, não sejam destruídos, é necessário que os pais saibam educá-los com sabedoria.

Há um texto registrado no túmulo de um bispo anglicano na Abadia de Westminster em Londres que nos ensina uma grande lição:

 

"Quando eu era jovem, ingênuo e com uma imaginação sem limites, decidi que através da minha vida eu haveria de mudar o mundo. A medida que fui me tornando adulto e mais sábio, descobri que o mundo não poderia mudar; então reduzi a minha expectativa e decidi mudar apenas o meu pais. Mas isso me pareceu uma tarefa pesada demais. A medida que cresci ainda mais e numa tentativa de desespero então eu decidi mudar apenas a minha família, aqueles que estavam mais perto de mim, porem, eu não percebi nenhuma mudança. E agora deitado em meu leito de morte, de repente eu compreendi: SE EU APENAS TIVESSE MUDADO A MIM PRIMEIRO! Então pelo meu exemplo teria mudado a minha família. Através da inspiração e encorajamento deles eu teria sido capaz de mudar o meu pais e quem sabe? Talvez tivesse mudado o mundo."

 

O que pode comprometer o processo de educação dos filhos? Instabilidade no lar ­

 

1)    Falhas dos pais - Alguns pais não maltratam seus filhos fisicamente, porém abusam deles psicologicamente. Isso acontece quando os filhos são rejeitados sutil ou abertamente, criticados excessivamente, punidos sem correspondência com a realidade (ou nunca castigados), disciplinados inconscientemente e, ou,  recebem pouco amor (caso o recebam). Esses filhos, em geral, apresentam problemas pessoais ou comportamento negativo que, por sua vez, aborrecem os pais. Pais que nenhum filho gostaria de ter.  Pais ausentes - A falta da relação afetivo/corporal entre pais e filhos é o primeiro passo para o estabelecimento de um comportamento agressivo. Pais distantes, que têm pouco ou nenhum contato afetuoso, podem desenvolver em seus filhos uma relação de afastamento com a figura de "poder", gerando em seus filhos uma relação de amor e ódio muito forte. Esta relação amor/ódio é um dos principais fatores do comportamento agressivo. Neste caso, o amor é dirigido a "objetos", ou melhor, a "posses" materiais, e o "ódio", a quem "tem" (materialmente ou hierarquicamente) essas "posses".  TER significa PODER. SER é secundário, pois SOU na medida que TENHO. Quanto mais TENHO, mais EXISTO. Acontece que, na maioria dos casos, estas crianças, por falhas em sua formação, têm dificuldades em investir DE SI para OBTER ou ATINGIR algum objetivo. Assim, podem partir para comportamento SOCIOPÁTICOS na vida adolescente e,ou, adulta. É uma porta para o uso de DROGAS (criar um mundo artificial)...  Pais superprotetores - São aqueles pais extremamente presentes, que superprotegem e inibem a liberdade de expressão dos filhos, podem gerar a "IDÉIA" de que eles são "INATINGÍVEIS", são o "CENTRO DO MUNDO". Este "EGOCENTRISMO" gera quase sempre um comportamento agressivo contra figuras hierarquicamente superiores, pois é difícil seguir ou obedecer regulamentos. Eles "ME IMPEDEM OU DIFICULTAM" fazer "O QUE QUERO, DA FORMA QUE QUERO, NA HORA QUE QUERO"! "Tudo que é contrário a meus interesses ou à minha ideologia tem que ser afastado, pois está errado". Pais agressivos - Pais que usam bater como "FORMA PEDAGÓGICA", ou que agridem para impor "RESPEITO", podem estar gerando uma repetição "AMPLIADA" deste comportamento nos filhos. "Aquilo que quero consigo sempre, nem que for preciso usar da minha força, da agressividade, ou de qualquer forma que eu consiga me impor. Tudo que é contrário aos meus interesses ou à minha ideologia tem que ser destruído pois está errado".  

2)    Necessidades não satisfeitas - Segundo John Drescher, existem pelo menos sete necessidades básicas para a criança em crescimento e para todos nós, através da vida: NECESSIDADE de significado, segurança, amor, aceitação, louvor, disciplina e a necessidade de Deus. Quando estas necessidades não são satisfeitas, o amadurecimento é prejudicado e freqüentemente surgem problemas.

3)    Negligência espiritual - O Salmo 78, versos de um a oito, salienta que as crianças devem receber instrução espiritual para que coloquem sua fé em Deus, para que lembrem-se da sua fidelidade e não se tornem insubmissas, obstinadas ou rebeldes.

1.   O importante período de socialização (Os primeiros anos da vida escolar)

a)   Crianças extremamente COMPORTADAS podem  estar acumulando ÓDIO por não conseguir romper com as barreiras e tentar se EXPRESSAR.

b)   Crianças extremamente MAL COMPORTADAS podem já estar expressando suas dificuldades de seguir ou obedecer NORMAS.

c)   Crianças com extrema DIFICULDADE em aprender ou de se concentrar já podem  estar expressando sua REBELDIA.

d)   Crianças que não conseguem DIVIDIR ou COMPARTILHAR brinquedos podem estar expressando sua necessidade de posse. 

e)   Crianças com DIFICULDADES, ou AGRESSIVAS na participação de brincadeiras em grupo, podem estar expressando sua falta de aceitação das NORMAS.

2.   Como os pais podem evitar esses problemas? Não existe em qualquer  sociedade uma instituição que possa comparar-se à igreja no seu potencial de influência sobre a infância e o desenvolvimento familiar.

a)   Relacionamento antes de regras - Regras sem relacionamento equivalem à rebeldia. Muitas vezes precisamos abandonar as regras e começar a construir um relacionamento. O exercício da paternidade deve ser sempre alicerçado no exercício da amizade. O relacionamento afetivo entre pais e filhos é de extrema importância na formação da personalidade da criança. Ele pode criar marcas altamente positivas, como pode deixar registros negativos, que influenciarão na formação do caráter.

b)   Não economize afeto e nem contato corporal. A criança precisa ser "alimentada afetivamente" para depois ter afeto para dar. Não use ameaças e,ou, castigos corporais em excesso, pois a criança pode se acostumar e achar que é uma forma correta de expressão.

c)   O que deve ser evitado. (1) Não dê ARMAS DE BRINQUEDO, pois a criança pode "gostar do suposto poder" que a arma traz. (2) Não superproteja seus filhos. Permita que eles aprendam pelo próprio esforço (nem que eles falhem ou errem). Falhar é bom para aprender a enfrentar desafios. (3) Não estimule a relação de posse. Incentive as crianças a dividirem seus brinquedos na brincadeira.  (4) Não isole seus filhos. Incentive a participação de atividades de grupo, pois facilitará na vida adulta o convívio social.

d)   Ser pai é ser modelo. Permita-se admitir estar errado, quando falhar na presença dos filhos. Eles precisam de "PAIS HUMANOS" e saber que "ERRAR É HUMANO". Não se mostre onipotente na presença dos filhos. Eles precisam de pais ao alcance, e não de ídolos distantes. Permita-se dizer "NÃO SEI", em vez de dizer "agora não tenho tempo, ou não posso, ou pergunte para..." Com certeza eles ficarão mais felizes por ter um pai ao alcance de seu conhecimento, "um pai presente". Não desrespeite "NORMAS" na presença de seus filhos, pois eles vão aprimorar os erros vistos nos pais. No trânsito, faça um esforço e siga as normas. Assim, ainda chegaremos a um trânsito mais educado e com menos acidentes. Participe mais da vida dos seus filhos. Assim, você não correrá riscos de se surpreender,  pois as expectativas deles serão de seu conhecimento e terão sua participação.   

e)   Treinamento espiritual - O lar é a espinha dorsal da sociedade, e os lares cristãos estáveis são construídos conforme a orientação contida na Bíblia, no geral transmitidas pelos pais e pela igreja.

f)    Enriquecimento conjugal - Quando os casamentos são bons e progressivos, isso influencia positivamente os filhos, produzindo estabilidade e segurança no lar.

g)   Comprometimento com prioridades ordenadas - Filhos devem ser prioridade na vida dos pais. Invista tempo com qualidade neles, ame-os e creia neles, sinta prazer neles, espere algo deles, compreenda-os, seja sincero com eles, faça elogios, ministre disciplina com sabedoria, ore com e por eles etc.

4. A criança e o treinamento no processo de educação

a)   A criança deve fazer isso? (uma questão de valor)

b)   A criança pode fazer isso? (uma questão de competência)

c)   A criança quer fazer isso? (uma questão de motivação)

5. Um pai que qualquer filho gostaria de ter

O pai da Parábola do Filho Pródigo é um modelo de pai que qualquer filho gostaria de ter. O filho que tem um pai com este perfil, com certeza, se for embora de casa, logo a saudade pela ausência deste incrível pai  o fará voltar.

a)   Um pai manso (Lc 15.2). Equilíbrio.

b)   Um pai partilhador (Lc 15.12). Generosidade

c)   Um pai respeitador. Sendo de Valor.

d)   Um pai acessível. Aberto ao diálogo.

e)   Um pai esperançoso (Lc 15.20).

f)    Um pai perdoador (Lc 15.20). Amor

g)   Um pai conciliador (Lc 15.22,29-32). O elo que liga os filhos.

Nancy Samalin afirmou: "Nossos filhos nos dão a oportunidade de sermos os pais que sempre desejamos ter tido". Em Mateus 7.12, lemos: "Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-o vós também a eles..." Deus abençoe todos os pais!

 

---------------------------www.familiaegraca.com.br ------------------------

 

Seja um parceiro do Min. Família Debaixo da Graça

Se você tem sido abençoado com estas mensagens, nos ajude a manter o site e os nossos programas na RedeTV, aos sábados, nos enviando uma oferta de R$ 15,00. Se as 26.000 pessoas inscritas no site, nos ajudassem com R$ 15,00 por mês, poderíamos fazer muito mais em favor da família através do site, rádio e TV. Você pode ser um dos nossos parceiros. Basta enviar sua oferta através do:

 Banco do Brasil - Ag. 4246-3 - C/C 7485-3

(Associação Família Debaixo da Graça)

CNPJ 05591329/0001-98

 

 




Compartilhar  
   Comentar
     Nome    Comentário

  
  
 
    
     Email
    
     Site
    


  Ler Comentários    (0 resultados)
Comentários 0 de 0 - Total 0



<< Voltar >>

 



Reflexões

Categorias
Audio
Sexualidade
Família
Casais
Liderança
Mulher
Homem
Jovens
Teologia
Biografias
Ilustrações
Testemunhos
Cartas
Ministério

Família
Programa de TV
Programa de rádio
Fotos
Notícias
Equipe
Nossa Igreja
Eventos
Biografias
Encontro de Solteiros
Curiosidades
Esboços
Biografia
Fale Conosco
Josué Gonçalves

O pastor
Agenda
Videos
Fotos
Blog
Aprenda a Pregar
O Que Estou Lendo
Aconselhamento
Aconselhamento Respondidos
História
Fale conosco
Eventos

Participe
5 Congresso Nacional de Casais
Pastor discipulando pastor
CFC - Curso de formação de conselheiros
Fazer Inscrição
SOS Casamento
Dúvidas
Fale conosco
Parceiros

Amigo da Família
Casa de recuperação de casamentos
Programa de TV
Programas de rádio
Campanha do mês
Encontro de Casais
Congressos
Projetos Sociais
Website
Institucional
Seja um parceiro
Loja Virtual
Fale conosco
Cursos

Curso de Casais
Conteúdo
Videos
Professores
Aulas online
Dúvidas
Inscreva-se
Fale conosco
Onde Comprar

Estados
Alagoas
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Maranhão
Pará
Paraíba
Pernambuco
Rio de Janeiro
Rio Grande do Sul
Santa Catarina
São Paulo
Sergipe
Paraná
Copyright© 2010 Todos os direitos reservados à Editora Mensagem para Todos Desenvolvido por: souto e web managers